O FRANGO DO SUBWAY E A VIDA CRISTÃ

O FRANGO DO SUBWAY E A VIDA CRISTÃ

 

   A popular Rede de Fast Food Subway foi surpreendida recentemente pela divulgação de um estudo realizado pelo programa canadense de investigação CBC Marketplace. Após análise do frango comercializado pelo Subway, o laboratório de DNA da Universidade de Trent, no Canadá, concluiu que metade do conteúdo tinha DNA animal, sendo a outra metade formada por soja, ou seja, os testes indicaram que o frango do Subway não é frango apenas. A Rede negou que o DNA do seu “frango” seja em grande parte vegetal e apresentou em seu favor resultados de outros testes realizados por laboratórios contratados pelo Subway.

DNA é a sigla para ácido desoxirribonucleico, que apresenta as instruções genéticas do ser vivo em suas moléculas. O DNA pode ser encontrado no núcleo das células de um organismo e determina as características próprias do indivíduo, a exemplo de cor dos olhos, estatura e capacidade de resistência a alguma doença. O teste de DNA pode indicar a origem de uma pessoa, visto que pai e mãe contribuem para a formação genética do indivíduo. No caso do “frango” do Subway, segundo o estudo realizado, sua origem e seu conteúdo são questionáveis.

Essa discussão me fez pensar na origem e na qualidade da nossa fé, porque também temos um “DNA espiritual”. Será que os cristãos da atualidade seriam também surpreendidos com um teste de DNA espiritual, se fosse possível realizar tal estudo? Ficaria comprovada a origem da fé numa conversão genuína a Cristo, com submissão completa ao senhorio de Jesus? A fé que professamos seria considerada pura, com demonstração de coerência entre a vida e a doutrina cristã que proclamamos?

O mundo nos analisa o tempo todo, a partir da propaganda que fazemos de nós mesmos. Quando dizemos que alcançamos nova vida em Cristo, que os tesouros dessa vida não são mais o alvo de nossas vidas e que temos poder para resistir ao estilo de vida deste tempo secularizado e contrário à Palavra de Deus, as pessoas que nos cercam observam muito bem as informações transmitidas e aguardam o momento do teste. Querem saber se o nosso DNA é cristão de verdade e se experimentamos o novo nascimento que tanto propagamos. Será que cada célula do nosso ser indica que somos mesmo filhos de Deus?

O profeta Malaquias, ao anunciar o juízo de Deus a um povo corrompido moral e espiritualmente, demonstra que é possível identificar quem tem o DNA de Deus e quem tem o DNA do pecado: “vereis a diferença entre o justo e o ímpio; entre o que serve a Deus, e o que não o serve” (MALAQUIAS 3:18). Nossas escolhas, ideias e atitudes demonstram qual é a nossa origem e o que nos constitui intimamente.

Existe frango que é frango mesmo, assim como existe cristão que é crente mesmo, a toda prova, na alegria e na tristeza. Você está disposto a passar pelo teste do DNA espiritual?

 

   Pr. Tarcísio Farias Guimarães  

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *