OUTRA CAMPANHA

OUTRA CAMPANHA

 

Os crentes em Jesus, cidadãos conhecidos pelo compromisso com a Nação, estão envolvidos na campanha eleitoral deste ano. Caso haja segundo turno das eleições nacionais ou estaduais, a campanha continuará suscitando reflexões, debates e posicionamentos. Todavia, esta campanha será finalizada em três semanas, ao passo que a campanha em prol da salvação de perdidos continuará até o dia da vinda de Cristo a este mundo.

Permaneça em estado permanente de campanha missionária, reafirmando verdades já conhecidas das Escrituras e que são esquecidas constantemente por muitos crentes. Assim como o Apóstolo Paulo recomendou a Timóteo, encorajo você a “Que pregues a palavra, instes a tempo e fora de tempo, redarguas, repreendas, exortes, com toda a longanimidade e doutrina” (II TIMÓTEO 4:2). Pessoas que estão à nossa volta continuarão insatisfeitas com as respostas políticas às suas necessidades e buscarão amparo em meio às dificuldades que continuarão enfrentando neste mundo.

Não aceitemos viver como um cristãos mornos, rasos em nossas convicções e morosos em nossas ações. Estejamos preparados para apontar caminhos de vida abundante e esperança de vida eterna às pessoas que estabelecerão diálogos conosco. “Antes, santificai ao Senhor Deus em vossos corações; e estai sempre preparados para responder com mansidão e temor a qualquer que vos pedir a razão da esperança que há em vós” (I PEDRO 3:15)

Consideremos a gravidade da crise espiritual enfrentada por este mundo e reconheçamos que a oração é uma arma ofertada pelo Senhor aos seus servos, a fim de que estes busquem discernimento e alcancem poder para resistirem ao maligno sistema dos nossos dias. “Porque as armas da nossa milícia não são carnais, mas sim poderosas em Deus para destruição das fortalezas” (II CORÍNTIOS 2:4). Isto posto, podemos concluir que os ataques dos movimentos imorais e dos grupos criminosos nas serão anulados tão somente com argumentos e protestos públicos, que são válidos mas limitados em seu alcance. Atos políticos não mudam o caráter deficiente e não retiram o pecado do coração humano.

Os crentes que gastaram horas do seu dia argumentando a viabilidade de candidaturas e a rejeição a outras tantas, têm a oportunidade de fazerem campanha semelhante em prol da salvação de vidas. Portanto, utilizem as redes sociais e apelem às pessoas para que creiam em Cristo, leiam a Bíblia e vivam à semelhança de Jesus. Façam desse assunto a razão dos seus estudos, a motivação da curiosidade para busca de informações e a grande característica que as pessoas associarão a vocês. Ou será que a campanha eleitoral tem maior espaço em seu coração e existe um outro nome em quem você confia mais do que em Jesus? Lembre-se: “onde estiver o vosso tesouro, aí estará também o vosso coração” (MATEUS 6:21)

 

Pr. Tarcísio Farias Guimarães

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *