MENSAGEM PARA HOJE: 148º ANIVERSÁRIO DE ORGANIZAÇÃO DA PRIMEIRA IGREJA BATISTA NO BRASIL

MENSAGEM PARA HOJE

148º aniversário de organização da primeira igreja batista no brasil

 

Os batistas norte-americanos consideraram firmemente o envio de missionários ao Brasil ainda em meados do século XIX, tendo o Pr. Thomas Jefferson Bowen e sua família  chegado ao Rio de Janeiro no dia 21 de maio de 1860. A oposição religiosa e a frágil saúde do Pr. Thomas contribuíram para que ele aqui permanecesse por apenas 8 meses e 19 dias, período em que atuou especialmente com a evangelização no Porto do Rio de Janeiro. Somente em 10 de setembro de 1871, com renovado apoio dos batistas norte-americanos, foi organizada a Igreja Batista em Santa Bárbara do Oeste, no Estado de São Paulo.

Liderados pelo Pr. Richard Ratcliff, aproximadamente 30 imigrantes norte-americanos apresentaram cartas demissórias de suas igrejas de origem e passaram a se reunir com o alvo de trabalhar em prol do fortalecimento da obra batista e da evangelização dos brasileiros. Desta primeira igreja, surgiu a Igreja Batista da Estação (atual cidade de Americana, em São Paulo), da qual foi membro o primeiro pastor batista brasileiro, o ex-Padre Antonio Teixeira de Albuquerque, companheiro dos missionários norte-americanos que organizaram a Primeira Igreja Batista da Bahia, em 15 de Outubro de 1882, e outras igrejas em diversas cidades.

Ao completarmos 148 anos desde que foi organizada a primeira igreja batista no Brasil, precisamos reconhecer que a mensagem dos irmãos pioneiros não é uma doutrina envelhecida, mas atual e urgente para as pessoas dos nossos dias. Nossa mensagem deve influenciar os evangélicos brasileiros a fim de que busquem um padrão bíblico para as muitas igrejas aqui existentes. Podemos oferecer à igreja brasileira o compromisso com o modelo bíblico que faz a Igreja atuar com independência frente ao Estado, com autonomia e soberania locais, governada por membros regenerados e biblicamente batizados, os quais, por meio de assembleias, elegem seus líderes e tomam as decisões necessárias ao bom andamento da Obra. Igrejas que realizam cultos simples, sem clericalismo e autoritarismo religiosos, com ordem e decência, cujo centro é a glória de Deus e o princípio basilar é a aceitação da Bíblia Sagrada como regra de fé e prática.

Temos uma mensagem poderosa para compartilhar, capaz de confrontar o homem perdido que habita num país marcado por religiosidade estranha às Escrituras Sagradas. Neste contexto, os batistas devem reafirmar que existe um Deus, Eterno, Criador e Sustentador de todas as coisas, o qual elaborou um plano infalível de amor, executado por meio do sacrifício voluntário do Senhor Jesus Cristo, Aquele que morreu e ressuscitou, diante do qual todos um dia estarão e serão julgados. É a fé nele e a nova vida com Ele que devem ocupar o centro da nossa pregação.

A Primeira Igreja Batista em Divinópolis, em sua história centenária, tem honrado o Senhor da Igreja e à quase sesquicentenária história batista brasileira. Perseveramos na pregação fiel do Evangelho, crescendo como uma Igreja tradicional que serve ao Senhor com alegria. Temos muito a falar ainda hoje, pois, cremos que a mensagem do Senhor é eterna. Ele mesmo nos diz: “O céu e a terra passarão, mas as minhas palavras não hão de passar” (MATEUS 24:35).

 

Pr. Tarcísio Guimarães

Deixe uma resposta